Loading...

Bombeiro português está a emocionar o país



User Rating: 0 / 5

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive
 

Durante o canto do hino nacional, no início do jogo, Jorge Serôdio fez continência enquanto, serena e compenetradamente, sentiu e cantou «A Portuguesa». O bombeiro Jorge Serôdio, de 48 anos, esteve na passada terça-feira, dia 10 de outubro, de serviço,  durante o jogo de apuramento para o Mundial de Futebol de 2018, Portugal e a Suiça, no Estádio da Luz.

Tal como outros colegas dispersos pelo estádio, Jorge foi colocado perto do relvado com o objectivo «de ajudar na prevenção do jogo», em colaboração com os Bombeiros Voluntários Lisbonenses. Sem saber que estava a ser filmado, o bombeiro fardado teve uma reacção espontânea que está a comover Portugal.

A imagem do bombeiro foi publicada, rapidamente, na Internet e está a tornar-se viral. Depois das tragédias na sequência dos incêndios devastadores que têm lavrado em Portugal, a imagem de Jorge recorda os portugueses da coragem e das atitudes altruístas e exemplares que os bombeiros portugueses têm tido, ao arriscar as suas próprias vidas para ajudar outros.

Em entrevista com a ImpalaNews, o bombeiro, com 27 anos de serviço nos Bombeiros Voluntários de Arraiolos, afirmou sentir-se «muito orgulhoso”» do impacto que a imagem está a ter.

«Nesta casa, onde eu trabalho, é assim que somos! Sempre orgulhosos do nome dos bombeiros voluntários», garantiu Jorge Serôdio.

No entanto, entre risos o bombeiro referiu que, no momento, não fazia ideia de que o estavam a filmar:

«Eu nem sabia que tinha aparecido na televisão. Só soube porque um colega telefonou-me, depois de já ter cantado o hino. Eu ainda achei que ele estava a brincar comigo. Quando abri a página do facebook, no telemóvel, é que vi que era verdade», explicou.

Nas redes sociais, a imagem já conta com dezenas de comentários que transmitem o respeito e gratidão que o povo português tem por todos os que ajudam a combater as chamas.

«Palavras para quê? Um simples gesto vale muito e o devido respeito à nossa pátria. Grande Jorge Serôdio», «Grande exemplo», «Uma imagem que vale por mim palavras. Grande companheiro», «RESPEITO! Excelente imagem», são algumas das mensagens deixadas na fotografia de Jorge.

“Há pessoas que não dão valor aos bombeiros, há outras que dão, mas o impacto da minha imagem, corresponde ao valor que, hoje, os portugueses dão aos bombeiros”, afirmou.

Jorge é bombeiro há 27 anos e nos últimos anos tem sido, maioritariamente, tripulante de ambulância de socorro. O último fogo que enfrentou foi em Abrantes,  que deflagrou na Aldeia do Mato, em Agosto. Apesar de não ter lutado em campo contra as chamas em Pedrógrão Grande, Jorge viveu de perto a tragédia, tendo ajudado no transporte de muito colegas para aquela região.

O bombeiro é casado e tem ainda uma filha, de 15 anos, que também já ajuda nos bombeiros Voluntários. De acordo com o pai, claramente orgulhoso da filha, “ajudar os outros corre no sangue da família”.

«A Ana Catarina já faz alguns serviços connosco. Ajuda nas missões que temos e a levar doentes para o hospital», contou.

Fonte: Maria

 



 
 

Mais lidos

Please publish modules in offcanvas position.