LUSOPT.PT

Portuguese Chinese (Simplified) English French Greek Russian Spanish

ÚLTIMA - Quem é Duarte Marques, Deputado do PSD



É sabido que a política portuguesa é pródiga em políticos de meia-tijela. O mais recente abortamento dá pelo nome de Duarte Marques. Não é que este passaroco tenha aparecido só agora na vida política, até porque ele já tem muitos quilómetros feitos por este Portugal fora a colar cartazes e abanar bandeiras, mas foi nestes últimos tempos que afirmou a sua verdadeira essência.

Mas, afinal quem é Duarte Marques? Pois… Não é fácil responder à questão. Creio que nem o próprio conseguirá saciar a curiosidade, a menos que obtenha ajuda do seu guia Cosme Vieira.

Duarte Marques é um jotinha, daqueles que nunca fez nada na vida, a não ser, colar cartazes e abanar bandeiras, portanto, um Passos Coelho na fase embrionária.

Duarte Marques é deputado na Assembleia da República, eleito pelo PSD. É também uma figura que o partido pretende lançar para a fila da frente, já que se trata de alguém que tem aparecido muito nos meios de comunicação social. É, sem dúvida, uma aposta do seu partido. E isso não é de admirar, não senhor. Duarte Marques espelha na perfeição a cultura do seu partido. É superficial. É perito em afirmar o que quer que lhe venha à cabeça, sem nunca sustentar as afirmações. É obcecado pelo partido socialista. É perito em distorcer a verdade com singular superficialismo. É mentiroso. Inculto. Abestalhado. É um perfeito laranja podre.

A título de exemplo. Recentemente, Duarte Marques afirmou que há um buraco de 600 milhões de euros na Segurança Social. Alguém o interpelou de imediato, solicitando-lhe que justificasse a existência desse buraco, ao que a sumidade retorquiu desta forma: “Isto está em todos os jornais…”. Portanto um dos benjamins do PSD, que é deputado da maioria parlamentar que sustenta este governo, responde que se baseia no que vem nos jornais para justificar as suas afirmações. Brilhante! Já anteriormente, o próprio havia recorrido a afirmações de outro fulaninho abestalhado que dá pelo nome de Cosme Vieira, para auxiliar o seu débil raciocínio.

Há já algum tempo que era para ter escrito algo sobre Duarte Marques, mas a verdade é que nunca se me ocorreu nada para dizer, e a tela ficava sempre em branco. Hoje tentei inspirar-me e até consegui escrever uns parágrafos, mas receio não ter conseguido escrever algo de jeito. A verdade é que a personagem é castradora de qualquer inspiração e, basta ouvir o nome da peça, que só me vem palavrões à cabeça.

Quem tem uma boa resposta para a pergunta formulada no início do segundo parágrafo é o padre Fonseca, que na sua bíblia (Mateus, 2, 17) descreve este indivíduo como “uma besta do c…”. E não digo mais nada.

Fonte. Contrario.blogs.sapo.pt


loading...


Siga-nos Pinterest




comments

 




ARTIGOS RELACIONADOS

Newsletter

Receba todos os dias a nossa newsletter

Entregue por FeedBurner

Online: 110859
Portuguese Chinese (Simplified) English French Greek Russian Spanish